quarta-feira, 26 de abril de 2017

NA MARRA! Conselheiros não concordam com a mudança de endereço.


Os conselheiros Tutelares da cidade de Jaguaretama (240km da capital cearense), não concordam com a mudança do local onde hoje funciona a sede do Conselho Tutelar de Jaguaretama  (Avenida Marilândia) para outro endereço (Rua Pedro Lemos Peixoto). "Não vejo porque e nem pra que mudar, o local de trabalho é apropriado, embora precise de uma reforma", disse o conselheiro  Elisio Almeida.
 Segundo ele todos os colegas de trabalho discordam da mudança e argumentam que o Conselho  Nacional  dos Direitos da Criança e Adolescente - CONANDA, recomenda  que o Conselho Tutelar não pode funcionar em prédios vinculados a órgãos municipais. Acrescenta ainda Elisio que o promotor público Igor Caldas enviou uma  recomendação para a prefeitura enumerando condições para  um bom funcionamento do conselho tais como: salas para recepção, escrivaninhas , sala reservada, banheiro, cadeiras suficientes para acomodação do público de forma confortável , que garanta condições de acessibilidade e privacidade. Foi estipulado um prazo de 90 (noventa) dias para a prefeitura adotar as estruturas necessárias para o bom funcionamento do Conselho.
 A secretária de Assistência Social e Cidadania, Priscila  Cunha afirmou que a prefeitura está tomando as providências, " e pelo que sei a mudança vai acontecer, porque o prédio aonde funciona o conselho vai ser usado para  instalar o almoxarifado central da prefeitura". A princípio a idéia era  transferir o conselho para o prédio onde funciona a secretaria de assistência social, "para facilitar o atendimento em conjunto com outros órgãos da administração", porém foi descartado.
O que se sabe é que a atual administração vai transferir o Conselho Tutelar de qualquer jeito e de forma compulsória, queira ou não os conselheiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário