segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Vereadores de Quixadá aprovam aumento de salários para gestores de forma ilegal

O vereador Dudu como relator da Comissão de Legislação, Justiça e redação
Os vereadores de Quixadá Audênio Moraes, Bamba, Dudu, Cezar Augusto, Higo Carlos, Ivan Construções, Kléber Júnior, Rosa Buriti e Weimar Lima foram, foram os responsáveis por aumentar o salários do futuro prefeito, vice e de todos secretários municipais. O aumento causará sérios danos ao erário público, retirando, inclusive dinheiro para aplicação no desenvolvimento da cidade. Enquanto para a população a prefeitura municipal está quebrada financeiramente, os vereadores ao aprovarem um projeto ilegal, tendo em vista, que de acordo com art. 18, da lei orgânica do Município de Quixadá, o subsídio dos agentes políticos do Município será fixado através de lei de iniciativa da Câmara Municipal no último ano da legislatura, até 30(trinta) dias antes das eleições, para vigorar na legislatura subsequente. Assim sendo, o projeto de lei aprovado deve ser questionado pelo Ministério Público Estadual, que é o órgão fiscalizador. É importante frisar ainda, que qualquer popular poderá questionar a sua legalidade na justiça.
Contra o projeto votaram os vereadores: Capitão, Evaristo, Ivana Magalhães, Laércio Oliveira, Louro da Juatama e Luiz do Hospital.

Dados:

O atual prefeito recebe mensalmente o exorbitante valor de R$ 14.663,25 (quatorze mil sessenta e seiscentos e um real e vinte e cinco centavos). Em 2017, Ilário Marques receberá R$ 19.355,50 (dezenove mil trezentos e cinquenta e cinco reais e cinquenta centavos). O aumento foi de R$ 4.692,25 (quatro mil seiscentos e noventa e dois reais e vinte e cinco centavos).
O vice-prefeito de Quixadá recebe atualmente R$ 9.106,65 (nove mil cento e seis reais e sessenta e cinco centavos), com a aprovação passará para R$ 12.020,80 (doze mil vinte reais e oitenta centavos). Aumento de R$ 2.914,15 (dois mil novecentos e quatorze e quinze centavos).
Mesmo em uma crise, os vereadores aumentaram os salários dos secretários municipais, de R$ 6.405,52 (seis mil quatrocentos e cinco reais e cinquenta e dois centavos), para R$ 8.455,30 (oito mil quatrocentos e cinquenta e cinco reais e trinta centavos). O aumento individual é de R$ 2.049,78 (dois mil quarenta e nove reais e setenta e oito centavos). Quixadá conta com 16 secretários municipais.

O portal Revista Central fez um levantamento com base na estrutura administrativa, com o projeto aprovado o aumento anual custará caro ao povo de Quixadá.

Prefeito: R$ 4.692,25 x 12 = R$ 56.307,00
Vice: R$ 2.914,15 x 12 = R$ 34.969,80
Secretários: R$ 32.796,48 x 12 = R$ 393.557,76
Aumento: R$ 484.834,56 (quatrocentos e oitenta e quatro mil oitocentos e trinta e quatro reais e cinquenta e seis centavos).

fonte: Revista Central
link: http://www.revistacentral.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=14295:vereadores-de-quixada-aprovam-aumento-de-salarios-para-gestores-de-forma-ilegal-&catid=128:politica&Itemid=506


Nenhum comentário:

Postar um comentário