sexta-feira, 8 de julho de 2016

JUSTIÇA DECRETA INDISPONIBILIDADE DE BENS DO EX-PREFEITO BENA

Ex-Prefeito de Jaguaretama, Bena
A justiça decretou a indisponibilidade de todos os bens móveis e imóveis do ex-prefeito Afonso Cunha Saldanha (BENA) referente a uma ação impetrada pela atual prefeita de Jaguaretama, Ila Pinheiro, referente aos empréstimos consignados  na gestão do ex-prefeito Bena "sem o devido repasse à Caixa Econômica Federal, tendo a atual gestora quitado o débito nos meses de janeiro e fevereiro de 2013".
ENTENDA O CASO: O ex-prefeito Bena não estava repassando o pagamento dos empréstimos consignados à caixa econômica federal, ou seja, o servidor público fazia um empréstimo na caixa e a prefeitura descontava mensalmente o valor De cada parcela no contracheque do servidor. O servidor achava que estava pagando direitinho à caixa pois todos os meses tinha esse desconto. Acontece que o ex-prefeito Bena não repassava esse dinheiro à caixa e com isso os servidores começaram receber cobranças da caixa e até tiveram seus nomes “sujos” nos órgãos de proteção ao crédito como SPC e SERASA. Portanto, o juiz Caio Lima Barroso enviou ofício ao Cartório de Registro de Imóveis da comarca de Jaguaretama “para que emita certidão que comprove a existência de bens imóveis em nome de Afonso Cunha Saldanha (BENA) e comprovado a existência, não seja efetuado transferência ou oneração dos bens até segunda ordem judicial, ainda não havendo êxito na diligência, fica deferido a indisponibilidade de bens móveis e imóveis". Traduzindo: Casas, carros e demais bens que estiverem em nome do Bena, fica sob a tutela do Ministério Público, o mesmo não pode vender, transferir, negociar....
O ex-prefeito `Bena contesta a ação e disse: "quando eu for notificado vou provar que só fiquei devendo o mês de dezembro, o que essa prefeita quer é me prejudicar". Reclamou ainda da publicidade  da ação, antes que ele tomasse conhecimento. Ou seja, o ex-prefeito Bena assume que só não repassou o dinheiro dos empréstimos do mês de dezembro e ainda não gostou que isso fosse divulgado pois o povo não deve saber de nada.

Para quem não conhece o grupo político do ex-prefeito Bena, é esse mesmo grupo que hoje apoia mais uma vez o nome do pré-candidato Glairton Cunha para prefeito novamente. Esse grupo é composto por secretários fichas sujas, vereadores que tiveram seus direitos políticos cassados e envolvidos em crimes de responsabilidade fiscal. Um grupo que tem em seu maior cabo eleitoral (O Bena) que demitiu mais de 70 servidores concursados e que recorria na justiça para que as garis nunca recebessem um salário mínimo pois defendia que elas só mereciam receber meio salário. É esse o grupo que está fazendo de tudo para voltar ao poder e assim dar continuidade aos descasos que sempre cultivaram. O grupo do retrocesso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário